Cadeias de suprimento sustentáveis

A cadeia de suprimentos da Clariant é parte integrante de sua cadeia de valores. A empresa trabalha ativamente com os fornecedores para promover e garantir a sustentabilidade das matérias-primas, fornecedores e prestadores de serviços logísticos. Para entrar em contato conosco para tratar de assuntos referentes a Compras, use este link.

  • Compras sustentáveis

    Em uma cadeia de valores cada vez mais globalizada, o equilíbrio entre eficiência de custos e alto nível dos padrões de qualidade, ambientais e sociais com a garantia de oferta contínua é um grande desafio. As relações cada vez mais estreitas com fornecedores e clientes oferecem oportunidades para criar valor sustentável com cadeias de valores seguras e de alto valor agregado. Ao mesmo tempo, as cadeias de suprimento, no âmbito de compras, podem estar expostas a riscos potencialmente significativos. A Clariant está totalmente comprometida com a redução destes riscos e, consequentemente, em aumentar a sustentabilidade de sua cadeia de suprimento. A gestão de riscos da cadeia de suprimento da Clariant se baseia em três áreas principais:

    Estrutura de gestão de riscos de fornecedores

    1 Perspectiva da empresa
    • Risco econômico/estabilidade financeira
    • Interrupções nos negócios
    • Flutuações das moedas
    • Sustentabilidade do conhecimento
    2 Perspectiva do fornecedor
    • Meio ambiente
    • Prática de negócio justa
    • Direitos humanos e trabalhistas
    • Compras sustentáveis
    3 Perspectiva de materiais e suprimentos
    • Mercado/preço
    • Qualidade
    • Disponibilidade/entrega de suprimentos/capacidade dos fornecedores
    • Risco do país

    Programas de avaliação e auditoria de fornecedores

    Os fornecedores podem ser solicitados a preencher um formulário de autoavaliação. Isso já aconteceu em áreas geográficas específicas e será ampliado no futuro, quando pertinente, para outras regiões. Outras medidas serão definidas com base na resposta e no perfil de risco definido para o fornecedor. Auditorias serão realizadas no local, se necessário. No caso de fornecedores que não satisfizerem as exigências da Clariant com relação a negociações responsáveis, medidas corretivas serão discutidas com o fornecedor.
    Juntos pela Sustentabilidade (Together for Sustainability, TfS) é uma iniciativa conjunta das principais empresas de produtos químicos cujo objetivo é avaliar e gerenciar a sustentabilidade na cadeia de suprimentos. A Clariant e as outras empresas participantes da TfS realizam, em conjunto, avaliações padronizadas e programas de auditoria da sustentabilidade dos fornecedores e compartilham os respectivos resultados de acordo com a abordagem “um por todos”. Ao aderir à TfS, a Clariant fortaleceu as atividades internas de avaliação e auditoria de fornecedores.

    Análise contínua de gastos

    A análise de gastos faz parte das revisões mensais e da forma como o setor de Compras gerencia ativamente a base de fornecedores. Para identificar e gerenciar possíveis riscos na base de fornecedores, a Clariant adotou a definição de “fornecedores críticos” e fornecedores de alto risco” com base nos riscos de negócio e de sustentabilidade.

    Avaliação do desempenho dos fornecedores

    Avaliação individualizada da performance dos fornecedores:
    Com o Painel de Performance dos Fornecedores, a Clariant tem uma visão geral ou um resumo consolidado à sua disposição. Essa visão geral cobre todos os tópicos – entre outros, a sustentabilidade – no que diz respeito a fornecedores. Além disso, com o Painel de Performance dos Fornecedores, a empresa consegue cobrir muito mais do que 50% (de acordo com os gastos) de seus fornecedores.

    Avaliação da cobertura de gastos dos fornecedores pelo Questionário Lean:
    fatores ligados à gestão e liderança’, que não são cobertos pelo Juntos pela Sustentabilidade (Together for Sustainability, TfS) nem pelo Painel de Performance dos Fornecedores, complementam a avaliação da performance dos fornecedores. Uma nova metodologia de avaliação possibilita uma cobertura de gastos 35% maior, com 40% a menos de tempo, por meio de uma abordagem otimizada (Questionário Lean).

    Análise de riscos baseada em matérias-primas

    A análise de riscos se baseia nas 50 principais matérias-primas, de acordo com os números CAS. Assim, mais de 40% dos gastos (gastos diretos) já são cobertos. O objetivo da análise de riscos é implementar uma análise, tão automatizada quanto possível, para os gastos diretos com base nas matérias-primas, que seja tão precisa quanto possível para reconhecer e reduzir os riscos.

    Capacitação de fornecedores

    A comunicação ativa com os fornecedores é um elemento essencial da estratégia de sustentabilidade da Clariant. Um pacote de informações padrão é atualizado regularmente e compartilhado com os fornecedores. Além disso, o setor de Compras da Clariant organiza, individualmente e em conjunto, vários eventos de sustentabilidade com fornecedores dos principais mercados de fornecimento, tais como China, Brasil e Índia, para explicar as iniciativas de sustentabilidade, a estratégia e as expectativas da empresa com relação aos fornecedores. Para mais detalhes, consulte o ​​Relatório de Sustentabilidade na internet.

    Nos nossos Dias do Fornecedor em 2012, foram oferecidos, pela primeira vez, eventos de informações especiais para os principais fornecedores. Os eventos, com dois dias de duração, contaram com a participação de mais de 300 fornecedores e forneceram aos parceiros de negócios informações detalhadas sobre as exigências de segurança e de sustentabilidade da Clariant. O objetivo foi o de aumentar ainda mais a conscientização da sustentabilidade entre os fornecedores. O foco da apresentação foi a conformidade com os princípios do Responsible Care®, de Registro, Avaliação, Autorização e Restrição de Substâncias Químicas (Registration, Evaluation, Authorisation and Restriction of Chemical Substances, REACH) e das regulamentações de sustentabilidade e globais do setor de produtos químicos.

    Treinamento das equipes de compras e KPIs internos

    Regularmente, são organizados treinamentos internos sobre sustentabilidade para os gerentes de Compras da Clariant. Além disso, os gerentes de Compras são solicitados a identificar e implementar oportunidades de sustentabilidade na cadeia de suprimentos, como parte das metas anuais de desempenho. Assim, estimulam-se várias iniciativas e histórias de sucesso na cadeia de suprimentos da empresa.

    Desenvolvimento da força de trabalho do setor de Compras

    Nosso objetivo é oferecer aos nossos funcionários uma aprendizagem sem precedentes. O foco é a melhoria dos processos ou das estruturas, para os quais são fornecidos treinamentos internos. Esses planos de aprendizagem foram concebidos para ajudar os funcionários a desenvolver as competências que os ajudarão a destacar-se em suas funções atuais (e até mesmo futuras).

    Regularmente, são organizados treinamentos internos sobre sustentabilidade para nossos gerentes de Compras. Os gerentes são convidados a identificar e implementar oportunidades de sustentabilidade na cadeia de suprimentos. As metas de melhoria do desempenho e de sustentabilidade impulsionam várias iniciativas da cadeia de suprimentos da Clariant.
  • Código de conduta dos fornecedores

    Nossos fornecedores são parte integrante da nossa rede, e esperamos que eles se comprometam com práticas de negócios éticas e sustentáveis, com consideração pelos direitos humanos, proteção da criança, normas trabalhistas e combate à corrupção. A fim de definir uma estrutura vinculativa, foi publicado um Código de Conduta para fornecedores cujo objetivo é delinear nossa estratégia, escopo e expectativas, em termos gerais e de forma detalhada. Cabe aos fornecedores ler e concordar integralmente com o Código de Conduta e sempre agir em conformidade. O Código de conduta para fornecedores pode ser baixado no site da empresa e será distribuído aos nossos fornecedores.

    A Clariant monitora o comportamento dos parceiros de negócios e registra quaisquer violações ao Código de conduta. Além dos procedimentos operacionais padrão para seleção de fornecedores, a Clariant presta atenção específica à avaliação do perfil de risco dos fornecedores.

    Código de conduta dos fornecedores

    Baixar arquivo

    Insira os seus dados de contato, e o arquivo começará a baixar imediatamente após o envio dos seus dados. Essa operação só precisa ser feita para o primeiro arquivo que for baixado neste site. Obrigado pela sua compreensão.

    Informações pessoais

    Seu nome*

     

    Seu e-mail*

    Seu cargo

    Sua empresa

  • Compromisso com a sustentabilidade na cadeia de suprimento

    A Clariant é membro da “Juntos pela Sustentabilidade (TfS)”
    , uma iniciativa do setor químico
    Ao realizar em conjunto avaliações globais de fornecedores e programas de auditoria, por meio da iniciativa “Juntos pela Sustentabilidade”, a Clariant melhora a transparência e a eficiência e reduz riscos no processo de compras, reduzindo simultaneamente a carga imposta aos fornecedores quando participam de vários programas. A Juntos pela Sustentabilidade é uma organização fundada em 2011, cujo objetivo é melhorar conjuntamente as práticas de sustentabilidade dentro das cadeias de suprimento do setor químico. Em 2014, a Clariant tornou-se o oitavo membro da iniciativa, junto com outras empresas de produtos químicos da Europa (AkzoNobel, BASF, Bayer, Evonik Industries, Henkel, Lanxess e Solvay).



    TfS_Logo


    Graças à TfS, a Clariant foi capaz de melhorar ainda mais a transparência e a gestão de sua base de fornecedores em cada um dos critérios de Meio Ambiente, Sociedade e Governança (ESG). Na verdade, a TfS desenvolveu e aplica um rigoroso processo padronizado para avaliações e auditorias de fornecedores respaldado por prestadores de serviços externos qualificados.


    www.tfs-initiative.com

  • O uso crescente de matérias-primas renováveis

    Aquisição de matérias-primas

    As matérias-primas contribuem consideravelmente para o desempenho dos produtos da Clariant durante seu ciclo de vida e, portanto, são fundamentais para as iniciativas de sustentabilidade da empresa. 

    Matérias-primas renováveis
    O uso de materiais renováveis no setor químico está ganhando cada vez mais proeminência, tanto em termos de custo no longo prazo quanto no de proteção ambiental e sustentabilidade. A Clariant trabalha intensivamente para promover o uso inovador de matérias-primas renováveis em seus produtos e já conta em seu portfólio com vários produtos baseados no conceito renovável.

    Exemplos de produtos de base renovável
    • BU ICS: Esqualeno de oliva Plantasens®, um emoliente 100% à base de oliva que pode ser usado em várias aplicações cosméticas
    • BU Pigments: Pigmentos Quinacridone, pigmentos de alto desempenho à base de soluções ácidas biossuccínicas
    • BU Additives: Ceridust 8330, uma cera de polímeros naturais para tintas para impressão
    • BU OMS: Flotigam 5806, um agente de flotação de fosfato utilizado para purificação de rochas fosforosas na produção de fertilizantes
    • GTI: Sunliquid®, uma tecnologia que utiliza a biotecnologia moderna para transformar palha e outros materiais de lignocelulose em produtos valiosos e sustentáveis que não agridem o clima: etanol de alta qualidade para combustível e como componente químico.
    Garantindo a sustentabilidade de matérias-primas bioquímicas
    A Clariant pretende aumentar regularmente o uso de matérias-primas renováveis nos produtos que fabrica. No entanto, o aumento no uso de certas matérias-primas renováveis na produção de produtos bioquímicos e biocombustíveis gera discussões sobre desmatamento, perda da biodiversidade e competição com o consumo de alimentos. Por isso, a Clariant estabeleceu os seguintes princípios interligados para a aquisição sustentável de matérias-primas renováveis:

    • A Clariant promove a aquisição responsável e sustentável de matérias-primas renováveis com o objetivo de evitar o desmatamento, a perda da biodiversidade e a escassez de alimentos. A Clariant é, por exemplo, membro da "Roundtable on Sustainable Palm Oil, RSPO" e traçou metas para obter a certificação da RSPO para todos os locais da produção relevantes.
    • A Clariant aumenta o uso de matérias-primas renováveis em seus processos e produtos, onde possível e justificável, levando em consideração o desempenho do produto e as questões ambientais, sociais e econômicas durante todo o ciclo de vida do produto. 
    • A Clariant concentra-se no desenvolvimento e na produção de produtos bioquímicos biocombustíveis, por exemplo, com o processo biotecnológico sunliquid® 
    Metas para a certificação de sustentabilidade de matérias-primas à base de palma
    A Clariant utiliza produtos oleoquímicos derivados da palma e do azeite de dendê em tensoativos, emulsificadores e conservantes. Para garantir a aquisição sustentável dessas matérias-primas, ela começou a certificar os principais locais da produção que processam matérias-primas derivadas do óleo de palma, de acordo com o esquema de certificação de sustentabilidade da RSPO (Mesa Redonda do Óleo de Palma Sustentável). 

    Até 2016, a Clariant estabeleceu a meta de certificar todos os locais relevantes, de acordo com as regras da cadeia de suprimentos do sistema Mass Balance da RSPO. O primeiro local certificado foi Gendorf, na Alemanha, em julho de 2014. Na certificação Mass Balance, o óleo de palma sustentável, proveniente de fontes certificadas, é monitorado administrativamente na cadeia, mas é misturado com óleo de palma comum. Para que a empresa esteja em conformidade, as quantidades de entrada e saída precisam ser equilibradas. 

    Até 2020, a Clariant pretende obter a certificação Segregation da RSPO para a cadeia de suprimentos de todas os seus locais de produção participantes, o que significa que o óleo de palma sustentável, proveniente de diversas fontes certificadas, é mantido separado do óleo de palma comum em toda a cadeia. 

    Além disso, a empresa incentiva os fornecedores que utilizam óleos à base de palma ou seus derivados a adotar e endossar os princípios desenvolvidos pela RSPO. A adesão à RSPO é um critério de seleção de fornecedores para materiais à base de palma.
    Fornecimento de materiais e serviços
    Cadeias de suprimento sustentáveis não dizem respeito apenas aos materiais comprados pela Clariant, mas também aos fornecedores com os quais a empresa trabalha e a forma como esta colabora com os fornecedores e gerencia os materiais e serviços por eles oferecidos.

  • Nos últimos anos, a questão dos  “minerais de zonas de conflito”, oriunda das operações de mineração na República Democrática do Congo (RDC) e países vizinhos, tem estado cada vez mais sob atenção internacional.  Acredita-se que os grupos armados envolvidos em operações de mineração na região submetam trabalhadores e povos nativos a graves violações dos direitos humanos. Acredita-se também que as receitas provenientes da venda de minerais sejam utilizadas para financiar conflitos regionais.  

    Nos termos da Seção 1502 da Securities and Exchange Commission (SEC) dos EUA, empresas de capital aberto que utilizam minerais, entre eles o tântalo, o estanho, o ouro ou o tungstênio, são obrigadas a comprovar que não os adquirem de zonas de conflito e precisam cumprir e informar uma série de requisitos referentes a auditorias. A Clariant não se enquadra no âmbito deste regulamento dos Estados Unidos. No entanto, comprometemo-nos integralmente com a conduta ética nos negócios e a aquisição responsável.  Nosso compromisso nos obriga a abordar proativamente essas questões e, também, a apoiar nossos clientes e proporcionar-lhes a garantia adequada.  A Clariant fez uma análise aprofundada para verificar se as matérias-primas que obtemos poderiam se enquadrar no escopo dos “minerais de zonas de conflito”. Até onde saibamos atualmente, este não é o caso. Nossos fornecedores já nos confirmaram que não adquirem minerais da República Democrática do Congo ou dos países vizinhos e emitiram declarações de “minerais livres de zonas de conflito”. Como a cadeia de suprimento internacional destes minerais é complexa e é muito difícil rastreá-los, a Clariant precisa confiar nos fornecedores para identificar as fontes dos minerais de zonas de conflito e declarar o status de seus produtos com relação aos minerais de zonas de conflito. 

    A Clariant definiu e está atualmente implementando uma política empresarial referente à aquisição de materiais livres de zonas de conflito. Desenvolveu-se, portanto, uma diretriz detalhada com o objetivo de rastrear materiais que possam se originar de áreas afetadas por conflitos e de alto risco. Dessa forma, fornecedores de materiais que possam se enquadrar no escopo de “minerais de zonas de conflito” são analisados e “declarações de isenção de conflitos” são colhidas, quando pertinentes.   

    Para mais informações, consulte também o "Position Paper" da Clariant “Como garantir a aquisição ética e responsável de materiais”
  • Otimização das cadeias de suprimento
    No esforço contínuo para aumentar a lucratividade das operações no Oeste dos EUA, a BU Oil & Mining Services e o setor regional de Compras formaram uma parceria com um fabricante de matérias-primas da Costa Leste dos EUA para otimizar sua cadeia de suprimentos, o que gerou economias positivas e uma diminuição significativa das emissões associadas.

    Em um mercado movido por cadeias de suprimentos complexas e concorrentes, não é mais apenas função dos níveis de custos e serviços. Ao administrar a rede de distribuição e o planejamento de forma mais eficaz, pode-se conseguir um impacto positivo com iniciativas sustentáveis, além de nossas metas de eficiência de custos. Graças ao planejamento eficaz em conjunto com a gestão de operações no Oeste dos EUA e o Planejamento de Estoques e Demanda, a BU OMS conseguiu fazer a transição de entregas em caminhão a granel para entregas intermodais do mesmo material em todos os EUA. O resultado não foi somente a economia líquida de aproximadamente CHF 37’000/ano de frete (uma redução de 29%), mas também a redução das emissões de CO2 de 36,75 toneladas/ano (uma redução de 65%) para um único produto.
    Redução de custos e emissões no transporte de mercadorias
    Um exemplo é a iniciativa de contentor intermediário para granel (Intermediate Bulk Container, IBC) reengarrafados. No transporte de produtos químicos líquidos, geralmente utilizam-se barris. Eles apresentam a desvantagem do manuseio difícil. Além disso, o espaço durante o transporte e o armazenamento é mal utilizado. Como parte da nossa iniciativa para uma cadeia de suprimento sustentável, essa situação poderia ser melhorada com a utilização dos chamados IBCs (contentor intermediário para granel). Estes recipientes cúbicos podem ser facilmente empilhados e amarrados mais próximos uns dos outros. Devido às dimensões reduzidas, são necessárias menos viagens de caminhão, e ocupa-se menos espaço. 

    Pode-se obter outra melhoria com a utilização de uma nova geração de IBCs, que são mais leves e incluem menos material (aço e plástico). Por um lado, reduz-se ainda mais o peso; por outro, reduz-se a presença de CO2 devido à menor quantidade de material da embalagem. Outro efeito é a considerável economia de tempo obtida com o simples manuseio dos paletes de IBCs ao transportar mercadorias. A economia de custo também é significativa, de aproximadamente 100.000 francos suíços por ano, em comparação com a solução convencional.

    É possível obter uma economia considerável de CO2 com a reutilização e a reciclagem de IBC. Algumas peças do recipiente são limpas e reutilizadas; outras são substituídas e recicladas (por exemplo, o polietileno do recipiente). Segundo cálculos feitos pela Clariant, é possível reduzir a presença de carbono em cerca de 1.238 toneladas de emissões de CO2e ao lavar e reutilizar os recipientes, em comparação com a utilização de novos IBCs. 

    Com a economia de custo e a redução significativa da presença de carbono em logística, contribuímos de forma proativa para as metas de sustentabilidade definidas em nossa política de sustentabilidade: otimizar simultaneamente o nosso desempenho econômico e ambiental.  
  • Indicadores de uma cadeia de suprimentos sustentável

    O setor de Compras lida com materiais e serviços prestados à Clariant, exceto a parte de Logística. Na Clariant, o setor de Compras mantém um banco de dados bastante abrangente e detalhado com informações dos fornecedores, o que possibilita uma grande variedade de análises dos principais indicadores de desempenho (Key Performance Indicator, KPI) comerciais e não comerciais.
    Os KPIs não comerciais foram expandidos significativamente de modo a acompanhar a performance dos fornecedores, em termos não só de critérios como qualidade, serviço e compras eletrônicas, mas também de sustentabilidade, que é levada em consideração por ser altamente relevante.

    estrutura de gestão de sustentabilidade de fornecedores

    Dados-chave e ambições*

         



        2014     2015    2016*   2017* 

     Avaliações de terceiros sobre a sustentabilidade1

           
     Porcentagem de gastos diretos (matérias-primas) cobertos  20 53 55   60
     Número de avaliações compartilhadas sobre a sustentabilidade1  2497 4442 5500  7500
     Auditorias de sustentabilidade realizadas por terceiros2        
     Número de auditorias compartilhadas sobre a sustentabilidade 107
    321
    530 1000
             
     Gastos cobertos com avaliação de risco baseada na matéria-prima3 < 20%
    40%
    42%
    50%
             
     Taxa de automação4 51%
    58%
    63%
    65% a 70%
             
    Avaliação individualizada da performance dos fornecedores5 < 20% < 46% < 50% < 55%
             
    Avaliação da cobertura de gastos dos fornecedores pelo Questionário Lean < 40%
     42% 77%
     80%
             
    Desenvolvimento da força de trabalho do setor de Compras6 < 40%
    < 40%
     75%  85%
    1 baseado em avaliações de fornecedores pela Juntos pela Sustentabilidade (Together for Sustainability, TfS)
    2 baseado em auditorias de fornecedores pela TfS
    3 Cobertura de gastos da avaliação de risco de todo o Grupo, referente às principais matérias-primas, avaliando, abordando e acompanhando a evolução dos riscos identificados na área de mercado/preço, qualidade, disponibilidade, capacidade dos fornecedores, compras sustentáveis e inovação, risco do país e requisitos legais (REACH)
    4 Taxa de automação: Processamento de pedidos totalmente automatizado (sem contato manual) de todos os gastos indiretos, sendo o percentual baseado no valor das transações
    5 Baseado na cobertura dos principais indicadores (preço, qualidade, prazos, serviço) de gastos diretos e indiretos
    6 Proporção de colaboradores de Compras com avaliação personalizada de força/oportunidade e plano de aprendizado individual
  • Segurança no transporte de mercadorias

    A Clariant utiliza serviços de logística fornecidos por terceiros para armazenar, manusear e transportar matérias-primas, produtos intermediários e produtos químicos acabados. Ela empenha-se para que essas operações sejam realizadas com segurança e responsabilidade, com o devido respeito à proteção dos funcionários, do público e do meio ambiente, tendo para isso estabelecido a estrutura de gestão necessária. Isto inclui avaliações e auditorias, bem como as exigências normais que constam nos “pedidos de orçamento” e contratos. Além disso, o Sistema de Avaliação da Segurança e da Qualidade (Safety and Quality Assessment System, SQAS) e a capacitação por meio de e-learnings são importantes pilares de sustentação.

    Sistema de Avaliação da Segurança e da Qualidade (SQAS) dos prestadores de serviços de logística

    Quanto aos fornecedores de logística, a Clariant avalia se eles têm a certificação do Sistema de Avaliação da Segurança e da Qualidade (SQAS) com o objetivo de monitorar seu desempenho em matéria de qualidade, segurança e meio ambiente. Este sistema utiliza avaliações padronizadas realizadas por avaliadores independentes, com base em um questionário padrão. Contribuímos também para uma iniciativa semelhante, na Índia, que avalia a segurança na distribuição do transporte e a resposta a emergências, que é chamado “Project Nicer Globe”, sob o amparo do Responsible Care India e de outras grandes empresas de produtos químicos.

    E-learning para prestadores de serviços de logística

    A Clariant utiliza um programa de e-learning para treinamento de fornecedores e funcionários sobre regulamentação legal e segurança das pessoas e do planeta. Por este módulo de treinamento disponível publicamente, a Clariant recebeu o prêmio de inovação “Gefahr/gut”. A plataforma de e-learning continua a ser amplamente utilizada pelos prestadores de serviços de logística da empresa.
  • A Lei de Transparência em Cadeias de Suprimento da Califórnia (California Transparency in Supply Chains Act) exige que as empresas divulguem as iniciativas por elas tomadas para erradicar de suas cadeias de suprimento direto o tráfico humano e a escravidão.  A Clariant tem vários programas que abordam esta questão.

    A Clariant é membro da Juntos pela Sustentabilidade (Together for Sustainability, TfS), uma iniciativa conjunta das principais empresas de produtos químicos cujo objetivo é avaliar e gerenciar a sustentabilidade na cadeia de suprimento.  A Clariant e as outras empresas participantes da TfS obtêm avaliações padronizadas sobre a sustentabilidade dos fornecedores realizadas pelo provedor terceirizado EcoVadis.  As avaliações abrangem questionários preenchidos pelo fornecedor, bem como documentos de verificação e triagem.  As avaliações incluem a análise da conformidade com as normas internacionais do trabalho e dos direitos humanos.    

    Quando considerada necessária, pode-se realizar uma auditoria por meio da nossa associação com a Juntos pela Sustentabilidade (TfS).  A Clariant e as outras empresas da TfS participam de programas de auditoria padronizados e compartilham os respectivos resultados.  As auditorias são realizadas por empresas de auditoria terceirizadas aprovadas e incluem a avaliação da conformidade com as normas internacionais do trabalho e dos direitos humanos.  

    A Clariant possui um Código de conduta para fornecedores, que descreve as expectativas com relação aos fornecedores.  Nossos fornecedores são parte integrante da nossa cadeia de valores, e esperamos que eles comprometam-se com práticas de negócios éticas e sustentáveis, com consideração pelos direitos humanos, proteção da criança, normas trabalhistas e combate à corrupção.  Nossos fornecedores devem ler e concordar integralmente com o código de conduta e agir em conformidade com o documento a todo momento.

    Além disso, temos o Código de conduta para funcionários da Clariant que deixa claro que a Clariant reconhece os princípios da Organização Internacional do Trabalho e que tais princípios aplicam-se aos nossos funcionários, bem como aos nossos fornecedores.  A violação do Código de conduta pode resultar em ação disciplinar.  Funcionários que tiverem conhecimento de condutas ilegais ou impróprias dentro da empresa ou nas instalações dos fornecedores são encorajados a comunicar tal conduta ao seu gerente ou ao departamento jurídico, ou por meio de uma organização de conformidade confidencial terceirizada com a qual mantenhamos parceria.

    Regularmente, são organizados treinamentos internos sobre sustentabilidade para gerentes de Compras da Clariant.  Além disso, os gerentes de Compras são solicitados a identificar e implementar oportunidades de sustentabilidade na cadeia de suprimentos, como parte das metas anuais de desempenho.  


Baixar arquivo

Insira os seus dados de contato, e o arquivo começará a baixar imediatamente após o envio dos seus dados. Essa operação só precisa ser feita para o primeiro arquivo que for baixado neste site. Obrigado pela sua compreensão.

Informações pessoais

Seu nome*

 

Seu e-mail*

Seu cargo

Sua empresa

Solicitação à Clariant

Insira suas informações de contato para que possamos processar sua solicitação. Obrigado pelo seu interesse.

Seu nome

 

Seu e-mail

Seu cargo

Sua empresa

País

Telefone

Disclaimer:
This information corresponds to the present state of our knowledge and is intended as a general description of our products and their possible applications. Clariant makes no warranties, express or implied, as to the information’s accuracy, adequacy, sufficiency or freedom from defect and assumes no liability in connection with any use of this information. Any user of this product is responsible for determining the suitability of Clariant’s products for its particular application. 


* Nothing included in this information waives any of Clariant’s General Terms and Conditions of Sale, which control unless it agrees otherwise in writing. Any existing intellectual/industrial property rights must be observed. Due to possible changes in our products and applicable national and international regulations and laws, the status of our products could change. Material Safety Data Sheets providing safety precautions, that should be observed when handling or storing Clariant products, are available upon request and are provided in compliance with applicable law. You should obtain and review the applicable Material Safety Data Sheet information before handling any of these products. For additional information, please contact Clariant.

* For sales to customers located within the United States and Canada the following applies in addition: No express or implied warranty is made of the merchantability, suitability, fitness for a particular purpose or otherwise of any product or service.

© Trademark of Clariant registered in many countries.
® 2013 Clariant International Ltd

Você está prestes a sair do site Clariant.com

O link que você acessou está prestes a fazê-lo sair do site Clariant.com em aproximadamente 10 segundos. Caso deseje interromper esta operação, pressione “Cancelar”.