Gas Treatment

ABSORPTION FLUIDS FOR GAS TREATMENT

Os éteres dialquílicos de polietileno de glicol demonstraram sucesso na limpeza de fluxos de ar e de gás residuais que contêm várias substâncias orgânicas e gases ácidos. A Clariant desenvolveu a linha Genosorb® de líquidos de absorção como soluções sob medida para vários problemas específicos de gases residuais.

AbsorbtionFluids_GasTreatment

Os líquidos de absorção Genosorb® têm baixa pressão de vapor e baixa viscosidade. O fluxo de gás residual que contém COVs e/ou gases ácidos passa por uma torre de enchimento. A remoção de COVs e/ou de gases ácidos é feita por contato direto entre o gás ascendente e o líquido de absorção descendente Genosorb®. Esta rica solução Genosorb® desce então por uma torre de esgotamento preenchida.

Os COVs e/ou gases ácidos são removidos do Genosorb® por esgotamento com vapor ou ar, normalmente a temperaturas entre 70 °C e 130 °C, ou até mesmo em temperaturas baixas por variação de pressão. A reduzida solução resultanteGenosorb® retorna então à coluna de absorção.

Uma aplicação industrial muito importante para o Genosorb® 1753 é a remoção de gases ácidos do gás natural e do gás de síntese. Este processo recebe o nome de Selexol®. Éteres dimetílicos de poliglicol (DME poliglicol) são solventes seletivos para dissulfeto de hidrogênio, mercaptanos, COS e dióxido de carbono. Hidrocarbonetos e gases inertes, como o hidrogênio e o monóxido de carbono, não são absorvidos.

Em muitas aplicações industriais, este processo provou ser um sucesso no adoçamento do gás natural, na dessulfurização e na remoção de CO2 do gás de síntese (por exemplo, processos IGCC, produção de H2 para usinas de NH3, produção de gás natural sintético) ou remoção bruta de CO2.

Várias unidades de processamento de gás comercial com fluxos de gás que variam de 250 Nm³/h a 600.000 Nm³/h utilizam o Genosorb® 1753 como líquido de limpeza.

A absorção física, baseada em diéteres de glicol, é mais econômica que a absorção química, baseada em aminas orgânicas, principalmente se for necessária a remoção profunda de enxofre e se a pressão inicial do gás for alta. Um processo bastante semelhante é utilizado para remover CO2 e/ou H2S do biogás. Assim, obtém-se um gás natural que atende às especificações do gasoduto.

As instalações comerciais típicas que utilizam o Genosorb® para tratamento de biogás incluem fluxos de gás que variam de aproximadamente 250 a 2.000 Nm³/h. Da mesma forma, o gás de aterro pode ser aprimorado com o Genosorb® 1753.

Outra aplicação importante dos líquidos de absorção à base de diéter glicol é o processo Solinox®. O processo Solinox® foi desenvolvido pela Linde AG tendo o Genosorb® 1900 como líquido de absorção.

Neste processo, o Genosorb® 1900 absorve grandes quantidades de SO2 dos gases de combustão. O produto contém um estabilizador próprio que protege o Genosorb® contra os efeitos nocivos do SO2 e do SO3.

O dióxido de enxofre resultante do processo Solinox® tem pureza muito alta e pode ser convertido em ácido sulfúrico ou vendido como tendo qualidade de classe alimentícia.

Várias unidades comerciais atuam globalmente. A tabela a seguir mostra os dados de uma fábrica que utiliza o Solinox® com sede na Europa:

  • Fluxo de ar: 225.000 m³/h
  • Concentração de SO2/SO3 na entrada: 20.000 mg/m³
  • SO2 no gás limpo: máx. 200 mg/m³
  • Produção de ácido sulfúrico: aprox. 40 t/dia
  • A redução nas emissões de dióxido de enxofre é de 99,9%

Os produtos Genosorb® 300 e Genosorb® 1843 foram concebidos para a limpeza de compostos orgânicos voláteis (COVs), como álcoois, cetonas, hidrocarbonetos clorados e fluorados, aromáticos, hidrocarbonetos etc.

Eles provaram ser um sucesso em cerca de 50 instalações para a redução de COVs em todo o mundo. Ao contrário da incineração ou adsorção, o processo do Genosorb® permite a reciclagem de compostos orgânicos importantes a partir de gases residuais.

O Genosorb® 1843 é um éter dibutílico poliglicol utilizado para absorver fisicamente compostos não polares, como aromáticos e hidrocarbonetos. O Genosorb® 1843 não se mistura com água. Ele contém um estabilizador e tolera componentes ácidos no fluxo de gás.

O Genosorb® 300 é um éter dimetílico poliglicol que absorve fisicamente COVs polares, como álcoois, aldeídos etc. É completamente miscível com água. Ele contém um estabilizador e tolera componentes ácidos no fluxo de gás.

Genosorb® 1753 – utilizado no processo Selexol® – eficaz na remoção de sulfeto de hidrogênio (H2S), dióxido de carbono (CO2) e outros compostos-traço do biogás, para obter um gás natural (metano) que atenda às especificações do gasoduto.

O biogás resultante da fermentação de matéria orgânica contém quantidades consideráveis de sulfeto de hidrogênio e dióxido de carbono, que precisam ser removidos antes que o gás possa prosseguir para a rede pública de gás.

As instalações comerciais típicas para tratamento de biogás incluem fluxos de gás de 250 a 2.000 Nm³/h que são tratados com Genosorb® 1753.

Avanços com o aprimoramento da tecnologia com Genosorb® 1753

  • Excelente seletividade
  • Baixo consumo de energia para regeneração de adsorventes
  • Deslize muito baixo de metano
  • Aprimoramento do biogás e secagem de gás em uma única etapa

Resources

Baixar arquivo

Alguma dúvida?
Entre em contato